atendimento@linsen.com.br
Entre em contato conosco, ligue(27) 3075-6060
A visão e o esporte

Quando preocupamos-nos com o bem-estar do esporte sempre associamos a uma melhor qualidade de vida, não é? Mas às vezes se faz necessário na prática de esportes uma avaliação visual mais detalhada afim de que possamos nos proteger também de possíveis acidentes.

O profissional que avaliará sua visão para a prática segura de qualquer esporte deve considerar que há uma relação intrínseca entre o desempenho visual e a desempenho esportivo. Segundo dado do Comitê Médico dos Jogos Olímpicos acredita-se que 20% dos atletas de elite competem com algum problema visual, veja que nem mesmo nossos atletas profissionais estão livres do problema da não verificação de Desempenho Visual. Para entender como o mecanismo visual é usado no esporte, precisamos falar de algumas limitações fisiológicas do sistema visual. Os estudos que correlacionam à ação olho-mão e sua resposta no tempo de ação requisitada é uma das principais características, e também as implicações do não uso adequado da visão periférica. A boa avaliação visual deve ser bem estudada para cada esporte a ser praticado.

Veja abaixo os níveis de visão requisitados em diferentes esportes:

Futebol / Skate / Ciclismo: Coordenação olho-pé
Arco e Flecha / Escalada: Boa acuidade visual e boa visão de profundidade
Remo / Natação / Hidroginástica: Brilho e contraste adequados, boa movimentação ocular, percepção periférica
Tênis: Boa movimentação ocular, coordenação olho-mão adequada
Sinuca: Visão de profundidade adequada, facilidade de vergência dos olhos
Atletismo: Percepção periférica.

Todos os níveis de visão acima citados podem ser alterados na presença de estrabismos (olhos vesgos), miopia, astigmatismo e hipermetropia não corrigidas adequadamente, cataratas, e muitas outras afecções oculares. Por isso antes de ir correndo a academia para matricular faça um exame visual adequado!
Fonte: Optica Net

Deixar Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *